SMARTDEST promove cooperação entre empresas e centros de investigação para um turismo mais inteligente

O Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia dos Açores (FRCT) participou na 6º Reunião de Consórcio do projeto SmartDest (MAC/1.1b/133) – “Avaliação e proposta de estratégia e desenvolvimento de ferramentas para a conversão das ilhas do espaço de colaboração como Destinos Turísticos Inteligentes”, na cidade do Funchal, Madeira.

O SmartDest, financiado pelo Programa de Cooperação INTERREG MAC (Madeira-Açores-Canárias) 2014-2020, visa obter resultados práticos através de projetos pilotos nas regiões dos Arquipélagos dos Açores, Madeira, Canárias e Cabo Verde, através da implementação de soluções tecnológicas desenvolvidas pelas empresas, juntamente com os centros de investigação.

(mais…)

Projeto MarSP coordenado pelo FRCT em destaque no programa ‘Ocean’ da Euronews

O projeto europeu MarSP – Macaronesian Maritime Spatial Planning, coordenado pelo Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, está em destaque no quatro episódio da série ‘OCEAN’ da Euronews sobre o Ordenamento do Espaço Marítimo.

A série intitulada por ‘OCEAN’ explora os temas como a poluição dos mares, da vida marinha, da economia azul, da pesca sustentável, da aquacultura, das alterações climáticas, da energia dos oceanos e muito mais.

(mais…)

Decorreu o primeiro Workshop do projeto europeu MISTIC SEAS III

O Instituto Espanhol de Oceanografia (IEO) acolheu o primeiro Workshop do projeto coordenado pelo Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia – MISTIC SEAS 3, em Tenerife (Canárias).

O MISTIC SEAS 3 visa definir uma abordagem comum para abordar o Descritor 4 (D4) – cadeias tróficas da Diretiva-Quadro da Estratégia Marinha (DQEM) na Macaronésia (Açores, Madeira e Ilhas Canárias). O principal objetivo desta Diretiva Europeia consiste em alcançar o bom estado ambiental (BES) das águas marinhas, tendo para tal definido 11 indicadores (descritores) para a avaliação do estado das águas marinhas, estabelecido programas de monitorização, bem como medidas para melhorar os habitats e estado de conservação de espécies marinhas.

Durante dois dias, o consórcio deste projeto trabalhou conjuntamente com a comunidade científica de Portugal e Espanha, com o intuito de contribuir ativamente para o avanço do conhecimento sobre a biodiversidade marinha da Macaronésia. No âmbito da cooperação estabelecida entre os Governos de Portugal e Espanha, mais de 30 especialistas do ambiente marinho abordaram o estado de saúde das cadeias tróficas dos oceanos.

O foco principal deste workshop consistiu na decisão sobre os melhores indicadores para a avaliação do estado destas cadeias tróficas e sua aplicabilidade na sub-região da Macaronésia, na avaliação das ferramentas e metodologias mais úteis para esse fim e na identificação das lacunas de dados para que, quando necessário, se proponha programas para a recolha dos mesmos.

A mesa de abertura deste workshop foi dirigida pelo Consejo de Investigaciones Científicas e pela Fundación Biodiversidad del Ministerio para la Transición Ecológica e contou com a presença do Vice-Ministro de Combate às Mudanças Climáticas do Governo das Ilhas Canárias, Miguel Ángel Pérez, e do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia representado pela coordenadora do MISTIC SEAS 3, Luz Paramio

Investigadores açorianos podem concorrer a projetos científicos na área da biodiversidade e das alterações climáticas

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (FRCT), informa que se encontra aberta até 5 de novembro uma convocatória, no valor global de 23 milhões de euros, para projetos científicos na área da biodiversidade e das alterações climáticas, denominada ‘Biodiversity and Climate Change’, no âmbito da ERA-NET BiodivERsA3 – Consolidating the European Research Area on Biodiversity and Ecosystem Services.

O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia referiu que “os investigadores interessados podem contactar o Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, que poderá dar apoio no processo de candidatura e na procura de parceiros internacionais”.

Bruno Pacheco afirmou ainda que o FRCT participa como parceiro de consórcio e entidade financiadora do BiodivERsA3 e integra a convocatória para a Joint Call 2019-2020 “com o montante de 100 mil euros para as equipas de investigação regionais”.

O FRCT já havia participado na primeira convocatória, realizada em 2014-2015, que permitiu o financiamento de dois projetos que estão em curso, nomeadamente o MARFOR e o BIOINVENT, em parceria com investigadores da Universidade dos Açores, e que se traduzem num investimento de 154 mil euros.

Governo dos Açores realiza workshop sobre novas tecnologias marítimas, na Horta

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (FRCT), organiza terça-feira, 22 de outubro, na Horta, o workshop ‘Novel technologies to aid MSFD monitoring and interregional integration’, destinado à apresentação de novas tecnologias envolvidas na monitorização da Diretiva Quadro Estratégia Marinha (DQEM) e à sua integração em missões de natureza regional e internacional.

Segundo o Diretor Regional da Ciência e Tecnologia, esta iniciativa “foca a importância de tecnologias inovadoras na monitorização oceânica, assim como o papel de outros intervenientes nesta área científica, tais como entidades representativas da indústria e da investigação”.

(mais…)

Abertura de convocatória “Biodiversity and Climate Change” Prazo de submissão de candidaturas até 5 novembro

Informa-se que se encontra aberta a convocatória, no valor global de 23 milhões de euros, “Biodiversity and Climate Change”, no âmbito da ERA-NET BiodivERsA3.

O FRCT integra a convocatória para a Joint Call 2019-2020, com o montante de 100 mil euros, para as equipas de investigação regionais, disponibilizando-se de imediato a prestar informações a potenciais interessados.

O prazo para submissão de candidaturas termina a 5 de novembro.

Está previsto realizar-se uma sessão de esclarecimento na Universidade dos Açores, a 21 ou 22 de outubro, em hora a agendar.

Inscreva-se aqui.

(mais…)

GOVERNO DO AÇORES PARTICIPA NAS JORNADAS DE ESTRATÉGIAS REGIONAIS DE ECONOMIA AZUL DO PROJETO SMARTBLUE

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, participará nas Jornadas de Estratégias de Economia Azul regionais e Reunião de Sócios do projeto SMARTBLUE, que decorrerá nos próximos dias 25 e 26 de Setembro de 2019, na Associação Comercial e Industrial do Funchal (ACIF), Madeira.

(mais…)

“MacaroNight – Noite Europeia dos Investigadores” regressa a 27 de setembro com Ciência para todos

O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia realçou hoje a importância do projeto ‘MacaroNight – Noite Europeia dos Investigadores da Macaronésia’, que este ano decorre a 27 de setembro, enquanto “motor de divulgação da cultura científica”, enfatizando o facto deste tipo de iniciativas “permitir reforçar o trabalho em rede” dos Centros de Ciência dos Açores.

Bruno Pacheco defendeu, neste sentido, que a aposta do Governo dos Açores passa, precisamente, por garantir que os Centros de Ciência da Região “trabalhem cada vez mais em rede, levando as mais variadas atividades a todas as ilhas do arquipélago”.

(mais…)

Ponta Delgada acolhe workshop sobre fundos europeus para a internacionalização de empresas inovadoras

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, a Agência Nacional de Inovação (ANI) e a Câmara de Comércio e Indústria de Ponta Delgada promovem, na próxima quinta feira, 18 de julho, uma sessão de esclarecimento sobre instrumentos financeiros da Comissão Europeia para a internacionalização de pequenas e médias empresas (PME) inovadoras.

Durante este workshop, que se realiza no âmbito do projeto FIMAC – Plataforma de Aceleração de PME através das Tecnologias do Futuro, cofinanciado pelo Programa Interreg Mac 2014-2020, e que visa também impulsionar o uso de tecnologia gratuita FIWARE, estará em análise o SME Instrument, que prevê o financiamento de projetos inovadores com origem em ‘start ups’ e PME.

(mais…)

Nunca se investiu tanto em ciência nos Açores como hoje, afirma Gui Menezes

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia destacou hoje, em Angra do Heroísmo, o facto de terem sido criados nos Açores, pela primeira vez, projetos de investigação de pós-doutoramento em contexto empresarial.

Gui Menezes afirmou que o Governo Regional “assumiu como prioridade o estímulo à investigação e à inovação nas empresas”, tendo canalizado, nesse sentido, “todos os recursos disponíveis no Programa Operacional” para esta área, como é o caso da criação de seis bolsas de pós-doutoramento, que correspondem a um investimento da Região superior a 400 mil euros.

(mais…)

Página seguinte »