Seminários Projeto MOVE – Caso de Estudo da Ilha Martinica

O projeto MOVE, coordenado pelo Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (FRCT), promove o terceiro webinar sobre o mapeamento e avaliação de ecossistemas e dos seus serviços (MAES), organizado em colaboração com a Universidade de Trento (Itália).

O objetivo desta série de webinars é a promoção do intercâmbio de conhecimento acerca do processo de mapeamento e avaliação dos serviços de ecossistemas nos territórios ultramarinos, bem como a discussão de experiências relevantes entre os parceiros do projeto, os atores regionais e o público em geral.

Este terceiro webinar realizar-se-á no dia 30 de julho, pelas 13h00 (Fuso Horário dos Açores), e terá como foco a apresentação dos resultados preliminares do caso de estudo da ilha Martinica.

A participação nesta sessão é gratuita, mas requer pré-inscrição, até 28 de julho de 2020.

Registe-se em https://forms.gle/LStLAvgJDSTjieEW9

Agenda

13:00 – 13:05 Boas-vindas aos participantes e notas introdutórias (Jarumi Kato Huerta, UniTN)

13:05 – 13:35 Apresentação do caso de estudo: A Ilha Martinica (Jean-Philippe-Maréchal (Nova Blue Environment) & Ewan Trégarot (University of Portsmouth))

13:35 – 13: 50 Sessão de Perguntas & Respostas

13:50 – 14:00 Conclusões

Bolsas Fulbright nos EUA com o apoio do Governo dos Açores – Apresentação Pública dos Projetos de Investigação Premiados

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional da Ciência Tecnologia, promoveu a sessão pública para apresentação dos projetos aprovados das Bolsas Fulbright com o apoio do Governo dos Açores, com o objetivo de dar a conhecer os projetos de investigação aprovados e os seus contributos para o desenvolvimento e conhecimento científico-tecnológico na Região.

A primeira edição do concurso à Bolsa Fulbright para Investigação com o apoio do Governo Regional dos Açores decorreu de janeiro a abril de 2020, para o ano académico de 2020/2021.

As bolsas destinaram-se a apoiar a realização de projetos de investigação em universidades ou centros de investigação nos EUA, entre 4 e 9 meses, a investigadores de pré-doutoramento (alunos de doutoramento ou mestres ou licenciados) de nacionalidade portuguesa e residentes nos Açores.

Em maio de 2020, foi anunciado a atribuição de bolsas a três candidatos, em três áreas científicas: Catarina Ritter de Ciências do Ambiente; Diogo Neves Ferreira de Engenharia e Energia Renovável; e Paulo Borges de Geologia.

Este evento, para além da representação do Governo dos Açores, pelo Secretário do Mar, Ciência e Tecnologia e com os Bolseiros Fulbright, contou com a participação da Dra. Otília Reis, Presidente da Comissão Fulbright Portugal, com a Cônsul dos Estados Unidos da América nos Açores, Kathryn Ryan Hammond, e com a Dra. Susana Leal, Vice-Reitora das Relações Externas e Internacionalização da Universidade dos Açores.

A bolseira Catarina Ritter desenvolverá o seu projeto “Anthropogenic impacts upon human arrival in the Azores archipelago identified using stable isotope and geochemical methods”, na Universidade de Pittsburgh. O Diogo Neves Ferreira descolar-se á para Estado de Vírgina, mais concretamente, no Instituo Virginia Tech, para desenvolver o seu projeto “Energy conversion system for use in bidirectional flows and its method of operation”. E, o Paulo Borges, com o projeto “Furthering the knowledge of hydrogeology, and improve the techniques of geophysics applied to hydrology”, irá ser realizar a sua investigação na Universidade dos Arkansas.

O protocolo de cooperação entre o Governo dos Açores e a Comissão Fulbright foi assinado em outubro de 2019 na ilha Terceira e estabeleceu a cooperação com o objetivo de promover um programa conjunto de atribuição de bolsas Fulbright para investigação com o apoio do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, que aumentará o intercâmbio educacional, cultural e científico entre a região dos Açores e os Estados Unidos da América (EUA) e que se enquadra num conjunto de medidas e iniciativas de estímulo à formação avançada na região.

Visitas de Acompanhamento aos projetos BIOINVENT e BIOTRANSFER 2

O Presidente do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, Engº Bruno Pacheco, realizou visitas de acompanhamento aos projetos BIOINVENT & BIOTRANSFER 2, nas quais destacou a importância da transferência tecnológica para o desenvolvimento de soluções I&D+i inovadores.

A visita ao projeto BIOINVENT, conduzida pelo investigador responsável, Prof. Luís Silva, nos solos da freguesia da Ribeirinha, é projeto direcionado para a investigação na área da agricultura e serviços de ecossistema, que permitiu que pela primeira vez fosse estudada a componente microbiológica e funcional dos solos das pastagens dos Açores.

O BIONVENT é um projeto financiado pelo programa Horizonte 2020, através da ERA-NET BiodivErsA3, de que o FRCT, em representação do Governo dos Açores, é entidade parceira e financiadora, a qual atribui um montante de 100 mil euros, pelo período de 3 anos, à equipa do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade dos Açores, CIBIO-Açores, da Universidade dos Açores.

No âmbito do BIOINVENT, será produzido um bio inventário genérico da diversidade microbiana funcional existente nos solos de ecossistemas de pastagens permanentes ao longo de gradientes climáticos, numa dimensão pan-Europeia que decorrerá desde ao Açores até ao Norte da Suécia, estando atualmente a decorrer as amostragens de solos em São Miguel.

Na visita ao projeto BIOTRANSFER2, mais propriamente à prova de conceito em curso, foi efetuada uma visita às instalações da MUSAMI, para dar a conhecer o composto produzido e para demonstração da aplicação do Biocatalizador Az3W, desenvolvida pelo Centro de Biotecnologia dos Açores (CBA) da Universidade dos Açores, em colaboração com a MUSAMI, empresa associada ao projeto.

O BIOTRANSFER 2, cofinanciado pelo Programa INTERREG MAC 2014-2020, no qual o FRCT integra como parceiro, visa promover a transferência de conhecimento e novos processos biotecnológicos dos grupos de investigação para o meio empresarial, transformando-os em inovação.Neste projeto, o FRCT apoia o desenvolvimento de três provas de conceito com empresas locais, para testar a viabilidade económica das mesmas, através de pesquisas científicas realizadas pelo Centro de Biotecnologia dos Açores (CBA) da Universidade dos Açores.

A presente visita correspondeu a uma das provas de conceito que visa testar a eficiência de um acelerador biológico para compostagem de resíduos verdes, a partir de material em compostagem da MUSAMI, a qual pretende de preservar todas as características do composto original, mas com um tempo de compostagem menor, tornando, assim, o processo de compostagem mais rentável

2ª Convocatória da ERA-NET BlueBio Cofund – Sessão de Esclarecimentos

O Fundo Regional da Ciência e Tecnologia (FRCT) promove sessão de esclarecimentos online para interessados a participar na segunda convocatória da ERA-NET BlueBio COFUND, no próximo dia 15 de julho, das 10h00 às 11h00.

A 2ª convocatória desta ERA-NET tem como objetivo financiar projetos que facilitem a transferência (ou seja, logística, conservação e transporte) de recursos biológicos, desde a sua colheita (captura ou produção) ao seu processamento, garantindo, por exemplo, o rastreio, a qualidade, a sustentabilidade e a quantidade ou pré-processamento necessários dos recursos, para a sua conversão em produtos finais.

Esta sessão online de esclarecimentos é dirigida a investigadores regionais e visa divulgar os objetivos específicos desta convocatória, os seus prazos e clarificar algumas questões de admissibilidade relevantes.

Para participar nesta sessão, os interessados devem inscrever-se no seguinte formulário de inscrição https://forms.gle/zvY4LJSpRvmuRkLi9.

Para mais informação sobre esta convocatória, consulte http://frct.azores.gov.pt/noticia/2a-convocatoria-da-era-net-bluebio-cofund/

Seminários projeto MOVE – Caso de Estudo das Ilhas Malvinas

O projeto MOVE, coordenado pelo Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (FRCT), promove o segundo webinar sobre o mapeamento e avaliação de ecossistemas e dos seus serviços (MAES), organizado em colaboração com a Universidade de Trento (Itália).

O objetivo desta série de webinars é a promoção do intercâmbio de conhecimento acerca do processo de mapeamento e avaliação dos serviços de ecossistemas nos territórios ultramarinos, bem como a discussão de experiências relevantes entre os parceiros do projeto, os atores regionais e o público em geral.

Este segundo webinar realizar-se-á no dia 16 de julho, pelas 13h00 (Fuso Horário dos Açores), e terá como foco a apresentação dos resultados preliminares do caso de estudo das ilhas Malvinas (the Falkland Islands).

A participação nesta sessão é gratuita, mas requer pré-inscrição, até 14 de julho de 2020. Registe-se em https://forms.gle/YMY6wA9JAqpVB1Uk8.

Agenda

13:00 – 13:10 Bem-vindas aos participantes e breve introdução sobre o projeto MOVE e MAES  (Jarumi Kato Huerta, UniTN)

13:10-13:40 Apresentação do caso de estudo: As Ilhas de Falkland (Daniel Bayley, SAERI)

13:40 – 13: 50  Sessão de Perguntas & Respostas

13:50 – 14:00­   Conclusões

Seminários projeto MOVE – Caso de Estudo das Canárias

O projeto MOVE, coordenado pelo Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (FRCT), irá lançar uma série de webinars com o objetivo de apresentar as atividades e o progresso da implementação da metodologia MAES (Cartografia e Avaliação dos Serviços dos Ecossistemas) nas diferentes regiões dos casos de estudo do projeto.

Estes eventos, organizados pela Universidade de Trento (Itália), em colaboração com o FRCT, serão uma oportunidade para o intercâmbio de conhecimento entre os atores e parceiros regionais e o público em geral sobre o processo MAES nos Territórios Ultramarinos da União Europeia e nas Regiões abordadas pelos casos de estudo do projeto.

A primeira sessão terá como foco a apresentação dos resultados preliminares do caso de estudo das Canárias, com uma sessão de discussão para resposta a questões dos participantes.

A participação no evento é gratuita, mas requer inscrição em https://forms.gle/ugL9kpkwsSJQnjK48, até 16 de junho.

WORKSHOP FORWARD 2020: + Capacitação+ Participação

No âmbito do Projeto Europeu FORWARD, o FRCT promove o Workshop “FORWARD 2020: +Capacitação+Participação” que visa promover e fomentar acesso das RUP ao Programa-quadro (PQ), através do reforço das capacidades dos recursos humanos regionais.

O Workshop pretende sensibilizar os atores do ecossistema I&I para a importância da participação regional nos Programas-quadro, assim como dar a conhecer o estado atual do ecossistema I&I das RUP, em termos da participação destas nos PQ e apresentar o trabalho realizado e a desenvolver no projeto FORWARD.

Esta ação terá uma abordagem bottom up, ao criar um espaço de partilha entre os beneficiários das ações deste projeto e os representantes da quadrupla hélix, de forma a alinhar o Plano de capacitação do projeto FORWARD às reais necessidades do ecossistema regional de I&I para alcançar +Capacitação & +Participação em programas financiados da UE.

O FORWARD (http://frct.azores.gov.pt/project/forward/)  é um projeto financiado pelo programa Horizonte 2020, através do Desafio Societal “Ciência com e para a Sociedade”, que reúne as 9 Regiões Ultraperiféricas em torno do objetivo de reforçar o acesso das RUP ao Programa-quadro Horizonte 2020 (2014-2020), já tendo em vista o Programa-quadro que se segue, o Horizonte Europa (2021-2027), e em demais programas de financiamento europeu na área da investigação e inovação.

Consulte o programa:


Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência assinalado nos Açores

O FRCT vai assinalar, a 11 de fevereiro, o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência com a realização de uma sessão de debate entre investigadoras da Região e estudantes da Escola Secundária Domingos Rebelo, em Ponta Delgada.

O debate, que terá lugar, nesta escola, a partir das 10H30, vai contar com a participação de três bolseiras de investigação de doutoramento, pós-doutoramento e pós-doutoramento em contexto empresarial, seguindo-se uma sessão dinâmica de perguntas e respostas por parte dos alunos.

 

Sessão de Esclarecimento: Bolsas Fulbright nos EUA com o apoio do Governo dos Açores

O FRCT irá realizar uma Apresentação Pública da convocatória para Bolsas Fulbright nos EUA, com o apoio do Governo dos Açores, no dia 13 de dezembro, às 14h00, no auditório do Laboratório Regional de Engenharia Civil em Ponta Delgada.

As Bolsas destinam-se a apoiar a realização de projetos de investigação em universidades ou centros de investigação nos EUA, entre 4 e 9 meses, a investigadores de pré-doutoramento (alunos de doutoramento ou mestres ou licenciados) de nacionalidade portuguesa e residentes nos Açores.

A sessão é aberta, no entanto, para garantirmos os meios necessários, agradecemos a confirmação de presença, para o email frct@azores.gov.pt.

Missão transnacional do projeto iFADO – Lançamento de glider

O Governo Regional, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (FRCT) – parceiro do projeto iFADO (Innovation in the Framework of the Atlantic Deep Ocean  – e o Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP/Universidade dos Açores), irão participar no próximo dia 13 de novembro, na Horta, no lançamento de um veículo de superfície autónomo (glider).

Esta atividade, que se realizará no Porto da Horta, trata-se de uma missão transnacional enquadrada na apresentação de novas tecnologias envolvidas na monitorização da Diretiva Quadro da Estratégia Marinha (DQEM). Neste sentido, o projeto iFADO promove a integração destas tecnologias em missões de natureza regional e internacional, tendo em vista um conhecimento mais aprofundado de áreas marítimas extensas, como a correspondente ao Atlântico Norte.

O veículo autónomo, pertencente à Plataforma Oceánica de Canarias (PLOCAN) – parceiro do projeto, corresponde a um WaveGlider, estando equipado com uma série de sensores meteorológicos e oceanográficos para fins de monitorização oceanográfica. Este veículo, cujo lançamento contará com o apoio da equipa do FRCT e DOP, irá fazer pela primeira vez o percurso Açores-Canárias, prevendo-se que a sua chegada ao destino ocorra daqui a cerca de dois meses. A posição do WaveGlider, a rota percorrida e os dados científicos recolhidos poderão ser acedidos em tempo quase real.

Esta iniciativa trata-se da segunda parte da missão transnacional, sendo que no passado dia 22 de outubro já tinha sido lançado o veículo Slocum, do Instituto Marítimo da Irlanda (Foras na Mara), que durante 15 dias realizou a recolha de dados científicos ao largo da ilha do Faial.

Página seguinte »