Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia captou mais de 5,7 ME para o Sistema Científico e Tecnológico dos Açores

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia revelou, na Assembleia Legislativa, na Horta, que o impacto da captação de financiamento por parte do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia para projetos na área da ciência, tecnologia e inovação, nos últimos anos corresponde a cerca de 5,7 milhões de euros no Sistema Científico e Tecnológico dos Açores.

Gui Menezes disse que o Fundo participa em três dezenas de programas e projetos europeus, liderando cinco desses consórcios, e destacou o seu papel enquanto “entidade facilitadora e dinamizadora do processo de internacionalização” do Sistema Científico e Tecnológico dos Açores, “através do trabalho de captação de financiamento externo à Região”.

(mais…)

Governo dos Açores promove sessão de esclarecimento sobre atribuição de bolsas de investigação Fulbright

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, promove sexta-feira, 13 dezembro, em Ponta Delgada, a realização de uma sessão de esclarecimento sobre a apresentação das bolsas Fulbright para investigação.

O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia salientou que o Governo dos Açores vai apoiar “a concessão de, no mínimo, cinco bolsas por ano letivo”, que se destinam à realização de projetos de investigação em universidades ou centros de investigação nos EUA, com a duração de quatro a nove meses, por parte de investigadores de pré-doutoramento, ou seja, alunos de doutoramento, mestres ou licenciados de nacionalidade portuguesa e residentes nos Açores.

(mais…)

Decorreu o primeiro Workshop do projeto europeu MISTIC SEAS III

O Instituto Espanhol de Oceanografia (IEO) acolheu o primeiro Workshop do projeto coordenado pelo Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia – MISTIC SEAS 3, em Tenerife (Canárias).

O MISTIC SEAS 3 visa definir uma abordagem comum para abordar o Descritor 4 (D4) – cadeias tróficas da Diretiva-Quadro da Estratégia Marinha (DQEM) na Macaronésia (Açores, Madeira e Ilhas Canárias). O principal objetivo desta Diretiva Europeia consiste em alcançar o bom estado ambiental (BES) das águas marinhas, tendo para tal definido 11 indicadores (descritores) para a avaliação do estado das águas marinhas, estabelecido programas de monitorização, bem como medidas para melhorar os habitats e estado de conservação de espécies marinhas.

Durante dois dias, o consórcio deste projeto trabalhou conjuntamente com a comunidade científica de Portugal e Espanha, com o intuito de contribuir ativamente para o avanço do conhecimento sobre a biodiversidade marinha da Macaronésia. No âmbito da cooperação estabelecida entre os Governos de Portugal e Espanha, mais de 30 especialistas do ambiente marinho abordaram o estado de saúde das cadeias tróficas dos oceanos.

O foco principal deste workshop consistiu na decisão sobre os melhores indicadores para a avaliação do estado destas cadeias tróficas e sua aplicabilidade na sub-região da Macaronésia, na avaliação das ferramentas e metodologias mais úteis para esse fim e na identificação das lacunas de dados para que, quando necessário, se proponha programas para a recolha dos mesmos.

A mesa de abertura deste workshop foi dirigida pelo Consejo de Investigaciones Científicas e pela Fundación Biodiversidad del Ministerio para la Transición Ecológica e contou com a presença do Vice-Ministro de Combate às Mudanças Climáticas do Governo das Ilhas Canárias, Miguel Ángel Pérez, e do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia representado pela coordenadora do MISTIC SEAS 3, Luz Paramio

Gui Menezes destaca importância do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia na captação de financiamento para projetos científicos

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou hoje, na Horta, que o Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (FRCT) é “muito importante” enquanto “financiador de bolsas de formação avançada” e enquanto “ponto de contacto” para vários promotores de ciência.

Gui Menezes disse ainda que aquela entidade “tem promovido a inclusão do Sistema Científico e Tecnológico dos Açores em redes internacionais e tem apoiado e acompanhado a preparação de candidaturas a projetos científicos”. (mais…)

Investigadores açorianos podem concorrer a projetos científicos na área da biodiversidade e das alterações climáticas

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (FRCT), informa que se encontra aberta até 5 de novembro uma convocatória, no valor global de 23 milhões de euros, para projetos científicos na área da biodiversidade e das alterações climáticas, denominada ‘Biodiversity and Climate Change’, no âmbito da ERA-NET BiodivERsA3 – Consolidating the European Research Area on Biodiversity and Ecosystem Services.

O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia referiu que “os investigadores interessados podem contactar o Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, que poderá dar apoio no processo de candidatura e na procura de parceiros internacionais”.

Bruno Pacheco afirmou ainda que o FRCT participa como parceiro de consórcio e entidade financiadora do BiodivERsA3 e integra a convocatória para a Joint Call 2019-2020 “com o montante de 100 mil euros para as equipas de investigação regionais”.

O FRCT já havia participado na primeira convocatória, realizada em 2014-2015, que permitiu o financiamento de dois projetos que estão em curso, nomeadamente o MARFOR e o BIOINVENT, em parceria com investigadores da Universidade dos Açores, e que se traduzem num investimento de 154 mil euros.

Governo dos Açores e Comissão Fulbright criam programa de bolsas de investigação entre os EUA e a Região

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia anunciou hoje, em Angra do Heroísmo, uma nova cooperação entre o Governo dos Açores e a Comissão Fulbright para o estabelecimento de um programa de atribuição de bolsas de curta duração entre universidades e centros de investigação dos Estados Unidos da América e da Região.

“Criamos, assim, condições para que todos os anos possam ser colocados em universidades americanas e em centros de investigação estudantes açorianos pós-graduados ou profissionais com formação avançada, ao mesmo tempo que acolhemos no Sistema Científico e Tecnológico dos Açores estudantes norte-americanos de pré-doutoramento”, afirmou Gui Menezes. (mais…)

Governo dos Açores realiza workshop sobre novas tecnologias marítimas, na Horta

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (FRCT), organiza terça-feira, 22 de outubro, na Horta, o workshop ‘Novel technologies to aid MSFD monitoring and interregional integration’, destinado à apresentação de novas tecnologias envolvidas na monitorização da Diretiva Quadro Estratégia Marinha (DQEM) e à sua integração em missões de natureza regional e internacional.

Segundo o Diretor Regional da Ciência e Tecnologia, esta iniciativa “foca a importância de tecnologias inovadoras na monitorização oceânica, assim como o papel de outros intervenientes nesta área científica, tais como entidades representativas da indústria e da investigação”.

(mais…)

Governo Regional participa em iniciativa do programa ‘Crescimento Azul’ do EEA Grants

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, participou na iniciativa ‘Apresentação, Matchmaking e Pitching nas áreas da Investigação e Educação, Bolsas de estudo, Literacia e Empreendedorismo Jovem’, promovida pela Direção Geral de Política do Mar (DGPM), que decorreu em Lisboa, no âmbito do programa ‘Crescimento Azul’, financiado pelo EEA GRANTS 2014-2021.

Esta iniciativa teve o intuito de promover e identificar oportunidades de cooperação e estabelecer parcerias entre Portugal e as entidades da Noruega, Islândia e Liechtenstein que operam nos setores da economia azul, proporcionando um palco para discussão e debates, bem como uma área para reuniões de negócios ‘B2B’, cujo objetivo é encontrar parcerias para futuros projetos.

(mais…)

Abertura de convocatória “Biodiversity and Climate Change” Prazo de submissão de candidaturas até 5 novembro

Informa-se que se encontra aberta a convocatória, no valor global de 23 milhões de euros, “Biodiversity and Climate Change”, no âmbito da ERA-NET BiodivERsA3.

O FRCT integra a convocatória para a Joint Call 2019-2020, com o montante de 100 mil euros, para as equipas de investigação regionais, disponibilizando-se de imediato a prestar informações a potenciais interessados.

O prazo para submissão de candidaturas termina a 5 de novembro.

Está previsto realizar-se uma sessão de esclarecimento na Universidade dos Açores, a 21 ou 22 de outubro, em hora a agendar.

Inscreva-se aqui.

(mais…)

Governo dos Açores quer triplicar captação de fundos externos para financiamento de projetos de inovação

O Governo dos Açores pretende triplicar a captação de fundos externos para o desenvolvimento de projetos de inovação no próximo período de programação 2021-2027, passando de 5,4 milhões de euros, no atual Horizonte 2020, para, no mínimo, 16 milhões de euros ao abrigo do Horizonte Europa, o próximo programa-quadro europeu para a Inovação e Investigação.

O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia salientou que o Executivo açoriano pretende ainda, simultaneamente, “duplicar o número de entidades envolvidas, passando das atuais sete para, pelo menos, 15 entidades”.

(mais…)

Página seguinte »