Notícias

Diretor Regional da Ciência e Tecnologia afirma que conhecimento científico é utilizado nas tomadas de decisão política
Diretor Regional da Ciência e Tecnologia afirma que conhecimento científico é utilizado nas tomadas de decisão política
DATA: 26 Outubro, 2018 | HORA: 14:57
"O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia defendeu esta manhã, em Ponta Delgada, que o conhecimento científico é “uma ferramenta essencial para a tomada de decisões políticas, especialmente quando estão em causa as áreas naturais e a forma como os recursos são economicamente explorados”. Bruno Pacheco afirmou que as ilhas são “um caso especial”, por terem “áreas e recursos limitados, ecossistemas específicos, com maior vulnerabilidade a alterações climáticas e económicas”, apontando, por isso, o conhecimento científico como “fundamental” no apoio à decisão e à definição de estratégias relacionadas com os recursos naturais. (mais…)
Conferência internacional sobre políticas marinhas decorre quinta-feira em Ponta Delgada
Conferência internacional sobre políticas marinhas decorre quinta-feira em Ponta Delgada
DATA: 23 Outubro, 2018 | HORA: 9:28
"O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, em parceria com a Associação EurOcean, promove quinta-feira, 25 de outubro, em Ponta Delgada, a realização da conferência internacional “Marine Research and Knowledge in support of Policy Making and Society. Deep Sea Research as a Case Study”. O evento, dedicado à investigação e conhecimento do mar para apoio à decisão política, tendo a investigação sobre o mar profundo como caso de estudo, reúne decisores políticos, cientistas e representantes de vários setores ligados à gestão das áreas marinhas e do mar profundo, visando dar a conhecer e divulgar os mais recentes desenvolvimentos científicos e tecnológicos nestas matérias. Com esta iniciativa, o Governo dos Açores pretende fomentar a discussão e a análise, bem como propor e destacar estratégias e medidas que garantam que os dados e informações científicas coletados sobre o mar profundo possam ser convertidos em conhecimento e, consequentemente, contribuam para a tomada de decisões políticas, com impacto na sociedade civil. Esta conferência decorre no âmbito da reunião geral anual EurOcean e é aberta a toda a comunidade. A Associação EurOcean, da qual o Governo dos Açores, através do FRCT, é membro efetivo, tem como objetivos recolher, produzir, organizar e disponibilizar informações sobre temas relacionados com a ciência e a tecnologia marinhas na Europa. É neste sentido que os Açores têm vindo a participar em diversos projetos europeus, contribuindo para várias iniciativas internacionais que visam a implementação de um Espaço Europeu de Investigação Marinha e de uma política marítima europeia comum. Esta conferência, com início previsto para as 09h00, conta com a participação dos diretores regionais da Ciência e Tecnologia, Bruno Pacheco, e dos Assuntos do Mar, Filipe Porteiro. GaCS/GM"
Governo dos Açores alavanca projetos de investigação e desenvolvimento na área da energia
Governo dos Açores alavanca projetos de investigação e desenvolvimento na área da energia
DATA: 12 Outubro, 2018 | HORA: 12:52
"O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia sublinhou, na Ribeira Grande, que os Açores são “um dos sítios no mundo com maiores recursos geotérmicos exploráveis”, a par de países como a Islândia, a Nova Zelândia e o Japão, referindo que é necessário aproveitar o potencial da Região nesta área “para gerar conhecimento e riqueza”. Bruno Pacheco falava quarta-feira à margem de uma visita de campo ao projeto europeu HEATSTORE - High Temperature Underground Thermal Energy Storage, que tem como um dos parceiros o IVAR - Instituto de Investigação em Vulcanologia e Avaliação de Riscos da Universidade dos Açores. Este projeto, financiado pelo GEOTHERMICA ERA-NET, pretende reduzir o custo e os riscos do armazenamento de energia térmica subterrânea, bem como melhorar o desempenho de tecnologias associadas, sendo que os Açores estão a ser utilizados como local de estudo. (mais…)
Governo dos Açores reitera compromisso com a divulgação científica e tecnológica
Governo dos Açores reitera compromisso com a divulgação científica e tecnológica
DATA: 28 Setembro, 2018 | HORA: 9:54
"O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia afirmou, em Ponta Delgada, que 2019 será o "ano da divulgação científica e tecnológica” na medida em que “serão implementados, na quase totalidade”, os programas Ciência na Escola, Ciência Cidadã, Ciência e os Media, Investigadores e Divulgação Pública de Ciência e Ciência e Sociedade, no âmbito do Plano de Ação para a Cultura Científica e Tecnológica (PACCTO). Bruno Pacheco falava terça-feira na apresentação da MacaroNight – Noite Europeia dos Investigadores, que decorre sexta-feira, 28 de setembro, na Alameda das Portas do Mar, e será celebrada em simultâneo nos Açores, na Madeira e nas Canárias. O Diretor Regional salientou que este evento “permite recuperar a nossa memória através das tradições, demonstrando que o futuro também se constrói através da ciência em que assenta a nossa tradição”. Neste sentido, adiantou que a iniciativa inclui várias atividades, que assentam em temáticas como a ciência por detrás da fermentação, os primeiros tipos de agricultura nos Açores, a cultura da caça à baleia, a olaria, a navegação e orientação, entre outras. Bruno Pacheco destacou “a forte componente educativa” da Noite Europeia dos Investigadores, na medida em que dará a conhecer “o que fazem os centros de investigação, o que faz a Rede de Centros de Ciência dos Açores (RECCA) e o que é, afinal, ser investigador”. Para o Diretor Regional, a divulgação e a promoção da cultura científica são encaradas pelo Governo dos Açores como “obrigação pública”, que implica, cada vez mais, a criação de redes e parcerias, tal como a RECCA, em que os centros são geridos por entidades privadas. “Este é um modelo de sucesso por haver uma corresponsabilização da sociedade civil na prossecução dos objetivos destes centros enquanto verdadeiros promotores de ciência”, disse. Bruno Pacheco salientou que os centros de ciência são este ano, em parceria com o Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, os "grandes mentores” da iniciativa MacaroNight, financiada pela Comissão Europeia, através do programa Horizonte 2020, nas Ações Marie-Curie, e que conta com a participação de vários parceiros dos Açores, Madeira e Canárias. “O Governo dos Açores encontra-se fortemente empenhado no apoio, na promoção e na valorização de iniciativas que visem despertar a consciencialização pública sobre ciência, investigação e inovação, especialmente em áreas onde a Região tem desempenho e resultados excecionais”, afirmou o Diretor Regional. De acordo com Bruno Pacheco, “urge desenvolver mais e melhores ações com entidades como os museus, os centros de arte e os centros de arte performativa que permitam demonstrar aos mais jovens que cultura e ciência andam de mãos dadas, ao mesmo tempo que lhes desperta o interesse pela ciência e por querer fazer ciência”. O MacaroNight – Noite Europeia dos Investigadores é uma iniciativa que, segundo o Diretor Regional, “vem ao encontro das medidas do PACCTO”, dado que “estimula e promove o ensino experimental das ciências, a relação entre ciência, cidadãos e sociedade, a comunicação pública de ciência e a própria atividade dos centros de ciência da Região”. GaCS/GM"
Governo dos Açores abriu hoje concurso para bolsas de pós-doutoramento em contexto empresarial
Governo dos Açores abriu hoje concurso para bolsas de pós-doutoramento em contexto empresarial
DATA: 19 Setembro, 2018 | HORA: 15:06
"O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia anunciou, na Horta, que está aberto a partir de hoje um concurso para seis bolsas de pós-doutoramento em contexto empresarial, num investimento de 400 mil euros. As bolsas, para três anos, têm um valor de 22.600 euros por ano, por bolseiro, sendo destinadas, preferencialmente, a doutorados que tenham obtido o grau de doutor há menos de cinco anos. Gui Menezes, que falava na Assembleia Legislativa, no âmbito de uma interpelação ao Governo sobre Mar, Ciência e Tecnologia, referiu ainda que estão a decorrer 12 bolsas de pós-doutoramento e 24 bolsas de doutoramento no âmbito de concursos lançados anteriormente. Especificamente, na área da investigação aplicada ao Mar, o Secretário Regional salientou que, de 2017 até 2020, o Governo está a investir cerca de um milhão de euros em formação avançada, nomeadamente em oito bolsas de doutoramento e em quatro de pós-doutoramento. “Este é um sinal claro da importância que atribuímos à ciência e à investigação do nosso Mar”, frisou Gui Menezes. O titular da pasta da Ciência adiantou ainda que “até ao final do ano vão ser aprovados cerca de 20 projetos científicos”, para três anos, no âmbito do segundo concurso lançado para apoio a projetos de investigação alinhados com a Estratégia de Investigação e Inovação para uma Especialização Inteligente da Região (RIS3). Este concurso, no valor de 3,3 milhões de euros, “incluiu a obrigatoriedade de contratação de doutorados”, acrescentou o Secretário Regional. GaCS/GM"
Projeto europeu ‘SMARTDEST’ terá componente prática na Terceira para desenvolver soluções tecnológicas ligadas ao turismo
Projeto europeu ‘SMARTDEST’ terá componente prática na Terceira para desenvolver soluções tecnológicas ligadas ao turismo
DATA: 12 Setembro, 2018 | HORA: 11:44
O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia defendeu hoje, na Praia da Vitória, que o "processo de transformação" do destino Açores tem de passar pela "implementação de tecnologias inovadoras, desenvolvidas por empresas cientificamente assessoradas por investigadores do Sistema Científico e Tecnológico dos Açores”. Bruno Pacheco falava na abertura de um workshop, com mais de três dezenas de participantes, sobre o projeto ‘SMARTDEST’, cofinanciado pelo Programa INTERREG MAC 2014-2020, do qual o Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, é parceiro, e que visa promover a cooperação entre as regiões da Macaronésia, para “transformar as ilhas dos Açores, Madeira, Canárias e Cabo Verde em 'destinos turísticos inteligentes'”. (mais…)