Governo dos Açores e Comissão Fulbright criam programa de bolsas de investigação entre os EUA e a Região
DATA: 22 Outubro, 2019 | HORA: 15:03

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia anunciou hoje, em Angra do Heroísmo, uma nova cooperação entre o Governo dos Açores e a Comissão Fulbright para o estabelecimento de um programa de atribuição de bolsas de curta duração entre universidades e centros de investigação dos Estados Unidos da América e da Região.

“Criamos, assim, condições para que todos os anos possam ser colocados em universidades americanas e em centros de investigação estudantes açorianos pós-graduados ou profissionais com formação avançada, ao mesmo tempo que acolhemos no Sistema Científico e Tecnológico dos Açores estudantes norte-americanos de pré-doutoramento”, afirmou Gui Menezes.

O Secretário Regional falava na cerimónia de assinatura do memorando de entendimento com a Comissão Fulbright, no TERINOV – Parque de Ciência e Tecnologia da Terceira, no âmbito da visita do Governo a esta ilha.

“Este protocolo é mais uma demonstração de que o Governo dos Açores está empenhado em aprofundar as formas e os canais de colaboração com os Estados Unidos em matérias da ciência, educação e inovação”, disse o Secretário Regional.

As bolsas, que serão operacionalizadas através da Fulbright e do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, inserem-se, segundo Gui Menezes, “num conjunto mais alargado de medidas e iniciativas no âmbito do estimulo à formação avançada e à contratação de recursos qualificados”.

Neste sentido, apontou “as mais de quatro dezenas de bolsas de doutoramento e pós-doutoramento em curso durante esta legislatura”, que correspondem a um investimento de cerca de dois milhões de euros, e o “estimulo” à incorporação de quadros qualificados nas empresas e centros de investigação regionais.

“A nossa opção permitiu que tenham sido feitas, no conjunto de todas as convocatórias para o financiamento de projetos de investigação nos Açores, cerca de 70 contratações”, frisou.

A Comissão Fulbright é uma iniciativa que surge no âmbito das relações bilaterais entre Portugal e os Estados Unidos nas áreas da educação e da ciência.

No âmbito do protocolo de cooperação agora assinado serão criadas bolsas para apoiar a realização de projetos de investigação em universidades ou centros de investigação nos Estados Unidos, por períodos consecutivos de duração compreendida entre quatro e nove meses, estando prevista a atribuídas cinco bolsas por ano letivo a alunos e investigadores açorianos.

Serão também criadas duas bolsas por ano letivo para estudantes e investigadores americanos prosseguirem estudos ou realizarem projetos de investigação nos Açores, por períodos de oito meses, compreendidos entre outubro e maio.

Este protocolo tem a duração de três anos e representa um investimento do Governo dos Açores de cerca de 182 mil euros.

GaCS/GM

  • Fotos