Recém-doutorados podem candidatar-se a bolsas para integrarem mercado de trabalho regional

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, lançou um concurso para atribuição de uma dezena de bolsas de financiamento para recém-doutorados integrarem o mercado de trabalho regional.

O concurso DOC-PROF, que corresponde a um investimento de cerca de 300 mil euros, está disponível na plataforma ‘idia Azores’, em https://idia.azores.gov.pt/.

Estas bolsas de financiamento, com uma duração de 18 meses, destinam-se a recém-doutorados que tenham obtido o grau de doutor há menos de quatro anos a contar da data de defesa da respetiva tese e pretende estimular a sua inclusão, quer em instituições públicas, quer em instituições privadas de investigação do Sistema Científico e Tecnológico dos Açores.

(more…)

Abertura de convocatória “Biodiversity and Climate Change” Prazo de submissão de candidaturas até 5 novembro

Informa-se que se encontra aberta a convocatória, no valor global de 23 milhões de euros, “Biodiversity and Climate Change”, no âmbito da ERA-NET BiodivERsA3.

O FRCT integra a convocatória para a Joint Call 2019-2020, com o montante de 100 mil euros, para as equipas de investigação regionais, disponibilizando-se de imediato a prestar informações a potenciais interessados.

O prazo para submissão de candidaturas termina a 5 de novembro.

Está previsto realizar-se uma sessão de esclarecimento na Universidade dos Açores, a 21 ou 22 de outubro, em hora a agendar.

Inscreva-se aqui.

(more…)

Governo dos Açores quer triplicar captação de fundos externos para financiamento de projetos de inovação

O Governo dos Açores pretende triplicar a captação de fundos externos para o desenvolvimento de projetos de inovação no próximo período de programação 2021-2027, passando de 5,4 milhões de euros, no atual Horizonte 2020, para, no mínimo, 16 milhões de euros ao abrigo do Horizonte Europa, o próximo programa-quadro europeu para a Inovação e Investigação.

O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia salientou que o Executivo açoriano pretende ainda, simultaneamente, “duplicar o número de entidades envolvidas, passando das atuais sete para, pelo menos, 15 entidades”.

(more…)

« Previous Page