Projetos

INDICIT
Indicator Impact Turtles – Implementation of the indicator “Impacts of marine litter on sea turtles and biota” in RSC and MSFD areas
Tipo: DG environment | MFSD Second Cycle - Call for Proposals
Duração: 24 meses (02/01/2017 - 31/01/2019)
Estado: Encerrado
Coordenador: Centro Nacional de Investigação Científica (CNRS), França.
Consórcio:

CNRS – Centro Nacional de Investigação Científica (França)
MNHN – Museu Nacional de História Natural (França)
ISPRA – Instituto Superior de Proteção e Investigação Ambiental (Itália)
CNR-IAMC –Conselho Nacional de Investigação– Instituto para o Meio Marinho Costeiro (Itália)
HCMR – Hellenic Centro de Investigação Marítima (Grécia)
UVEG – Universidade de Valencia – Estudo Geral (Espanha)
ULPGC – Universidade de Las Palmas de Gran Canaria (Canárias – Espanha)
PAU – DEKAMER – Pamukkale Universidade – Centro de Aplicação e de Investigação em Tartarugas Marinhas (Turquia)
FRCT – Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (Açores – Portugal)
INSTM – Instituto Nacional de Ciências e Tecnologias do Mar (Tunísia)

Objetivo do projeto:

O projeto INDICIT visa a definição e implementação do descritor “Debris ingested by sea turtles”, e avaliação da viabilidade dos descritores “Biota entanglement in debris” e “Micro-debris ingestion by biota”, de modo a colmatar falhas de conhecimento referentes a estes descritores de impacto marinho.

Especificamente, o projeto INDICIT pretende:

(i) Identificar lacunas no conhecimento e informação pré-existentes referentes aos impactos e abundância do lixo marinho, através da colaboração e experiência de todos os parceiros do projeto;
(ii) Desenvolver programas de monitorização e protocolos padrão (standard);
(iii) Avaliar a distância para o Bom Estado Ambiental (BEA) e determinar um e/ou vários cenários para o BEA em cada região/sub-região/país parceiro do INDICIT;
(iv) Disseminar os resultados e ferramentas desenvolvidas ao longo do projeto para melhorar a monitorização dos impactos de detritos em ambientes marinhos;

Envolvimento do FRCT :
O FRCT participa no projeto INDICIT como parceiro, estando ativamente envolvido no desenvolvimento da atividade 3 “Implementation of the indicator of litter ingestion in the RSC OSPAR/Macaronesia”, a qual é liderada pela ULPGC (Universidade de Las Palmas de Gran Canaria). O FRCT, com a assistência externa do IMAR, é responsável pelo desenvolvimento e implementação da atividade 3 em Portugal, nomeadamente em Portugal continental e nas Regiões autónomas dos Açores e da Madeira.
Panorama Financeiro
Orçamento do Consórcio
Contribuição dos Parceiros Contribuição UE Total
328 164€999 955€ 1 328 119€
Orçamento do FRCT
Contribuição do FRCT Contribuição UE Total
23 403€92 825€116 228 €