Projetos

FORWARD
Promover a Excelência da investigação nas Regiões Ultraperiféricas da UE
Contrato nº 824550
Tipo: Horizonte 2020 | CSA - Coordination and Support Action
Duração: 36 meses (01-01-2019 - 31/12/2021)
Estado: Em Curso
Coordenador: Gobierno de Canarias, Agencia Canaria de Investigación, Innovación y Sociedad de la Información (GOBCAN - ACIISI), Canárias - Espanha.
Consórcio:

 

GOBCAN – ACIISI – Gobierno de Canarias, Agencia Canaria de Investigación, Innovación y Sociedad de la Información (Canárias-Espanha)
ULL-Universidade de la Laguna (Canárias-Espanha)
ULPGC-Universidade de Las Palmas de Gran Canária (Canárias-Espanha)
PLOCAN-Consorcio para el diseno, construccion, equipamento y explotation de la plataforma oceânica de Canarias (Canárias-Espanha)
ICT-Instituto Tecnologico de Canárias (Canárias-Espanha)
IAC-Instituto de Astrofísica de Canárias (Canárias-Espanha)
Consulta Europa Projects and Innovations SL (Canárias-Espanha)
FRCT – Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia (Açores – Portugal)
UAC – Universidade dos Açores, UAC (Açores – Portugal)
CCIA – Câmara do Comércio e Indústria dos Açores (Açores – Portugal)
ARDITI -Agência Regional para o Desenvolvimento da Investigação, Tecnologia e Inovação – Associação (Madeira-Portugal)
UMA-Universidade da Madeira (Madeira-Portugal)
NEXA-Agence Regionale de Developpement D’Investissement et D’Innovation (Reunião-França)
UR-Universite de la Reunion (Reunião-França)
REG GUA-Guadalupe Region (Guadalupe-França)
UA-Universite des Antilles (Guadalupe-França)
Sydergîle (Guadalupe-França)
CTM – Collectivite Territoriale de la Martinique, Centre de Demoustication et de Recherches Entomologiques (Martinica-França)
CTG-Collectivité Territorial de Guyane (Guiana-francesa – França)
UG-Universite de Guyane (Guiana-francesa – França)
GDIG-Guyane Dévelopment Innovation (Guiana-francesa – França)
CDM-Departement of Mayotte (Maiote-França)
COMSM-Collectivité D’Outre-mer de Saint Martin (Saint-Martin-França)
CCISM- Chambre Consulaire Interprofissionel de Saint-Martin (Saint-Martin-França)

Objetivo do projeto:

O projeto FORWARD visa reforçar a visibilidade e o reconhecimento das capacidades e expertise da I&I nas Regiões Ultraperiféricas (RUP), pela promoção da excelência da investigação e do potencial de inovação nas Regiões Ultraperiféricas (RUP). Mediante um diagnóstico dos ecossistemas de Investigação & Inovação (I&I) nas RUP, pretende-se definir uma estratégia conjunta de planos de ação temáticos ajustados ao reforço da participação por parte destas regiões em projetos de investigação e inovação financiados pela UE, networking, ações de capacitação, assim como o fortalecimento da ligação entre a investigação e a formulação de políticas.
Este projeto pretende igualmente contribuir para a revisão da RIS3, nomeadamente, através da disponibilização de dados acerca do diagnóstico e mapeamento do ecossistema regional das RUP, das conclusões e orientações dos grupos temáticos e da construção de políticas conjuntas, de ligação entre os investigadores e os decisores políticos.

Envolvimento do FRCT :
No âmbito do projeto FORWARD, o FRCT é líder do WP4 - Capacitação e Formação, no qual deve propor uma metodologia de construção para o plano FORWARD de Plano de capacitação para as RUP, assim como implementar regionalmente e acompanhar a implementação a nível das RUP. O FRC ainda é responsável por desenvolver o D.2.5 que visa desenhar uma estratégia conjunta para o projeto FORWARD (Joint Strategy), como uma espinha dorsal orientadora de todos os pacotes de trabalho do projeto.

Impacto na RAA:
O projeto FORWARD tem como ponto de partida o diagnóstico do desempenho regional em termos de financiamento Europeu na área de I&I para a implementação de medidas mais eficazes e ajustadas às necessidades dos atores do ecossistema de I&I nos Açores e nas Regiões Ultraperiféricas (RUP).
Este diagnóstico permite que o FORWARD implemente um plano de capacitação adaptado às necessidades dos atores de I&I dos Açores e das RUP para uma participação mais eficaz nos Programas-Quadro Europeus de I&I (H2020, FP9 e outros), assim como o alcance internacional. Entre outros objetivos o projeto pretende igualmente estabelecer grupos temáticos, compostos por peritos de todas as RUP, para a elaboração de planos de ação em áreas estratégicas para estas regiões. O projeto tem em vista o reforço da ligação entre a investigação e os decisores políticos, de forma a ajustar a formulação de políticas para estimular a inovação e investigação nas RUP.

Um total de contribuição da UE de 4 277 423,21 euros, a 100 por cento, a todos os parceiros. Sendo que destes, 252 875,00 euros são atribuídos aos FRCT.

Outras entidades Regionais envolvidas: Universidade dos Açores e a Câmara do Comércio e Indústria dos Açores

Stakeholders Regionais Envolvidos: A quadrupla hélix do ecossistema de I&I: entidades públicas, setor privado, universidade, centros de investigação, investigadores individuais e comunidade em geral.
Panorama Financeiro
Orçamento do Consórcio
Contribuição dos Parceiros Contribuição UE Total
-4 277 423,214 277 423,21
Orçamento do FRCT
Contribuição do FRCT Contribuição UE Total
-252 875,00252 875,00