Projetos

ERA-MBT
Marine Biotechnology ERA-NET
Acordo de Subvenção nº 604814
Tipo: ERA-NET CoFund (European Research Area networks)
Duração: 01/12/2013 – 30/11/2017
Estado: Encerrado
Coordenador: Norges Forskningsrad, Noruega
Consórcio:

VLAIO – Agentschap Innoveren en Ondernemen  (Bélgica)
VLIZ – Flanders Marine Institute  (Bélgica)
IFD- Innovation Fund Denmark  (Dinamarca)
CNRS – The National Center for Scientific Research  (França)
JÜLICH – Research Centre Jülich (Alemanha)
BMBF – Federal Ministry of Education and Research (Alemanha)
RANNIS – The Icelandic Centre for Research  (Islândia)
MATIS OHF – Icelandic Food and Biotech R&D Institute (Islândia)
MI – Marine Institute (Irlanda)
CNR -National Research Council (Itália)
ADECAL – New Caledonia Economic Development Agency  (França)
IN – Innovation Norway (Noruega)
RNC – The Research Council of Norway  (Noruega)
FCT – Foundation for Science and Technology  (Portugal)
UEFISCDI -Executive Agency for Higher Education, Research, Development and Innovation Funding (Roménia)
MIZS – Ministry of Education, Science and Sport (Eslovênia)
MINECO – Spanish Ministry of Economy and Competiveness (Espanha)
FORMAS – Swedish Research Council for Environment, Agricultural Sciences and Spatial Planning –(Suécia)
VGR – Region Västra Götaland  (Suécia)

Objetivo do projeto:

Marine Biotechnology (ERA MBT) é um consórcio de 19 agências de financiamento de 14 países que procuram reunir recursos para financiar conjuntamente projetos transnacionais na área da biotecnologia marinha. O objetivo desta ERA-NET passa por apoiar a comunidade de biotecnologia marinha da Europa a participar numa ampla rede orientada para as empresas que acrescenta valor aos recursos biológicos marinhos de forma a nutrir e sustentar as vidas dos cidadãos europeus. O total disponibilizado para esta convocatória é de 6,27M€.

O FRCT tem um projeto aprovado no âmbito da 3º convocatória, com uma equipa regional, no valor de 100 mil euros:

META-MINE (Mining the microbiomes from marine wood-digesting bivalves for novel lignocellulose depolymerizing enzymes) usará “shipworms” como sistema modelo para um estudo holístico da degradação de lignocelulose marinha e minará os metagenomas para novas enzimas de despolimerização de lignocelulose. Investigador regional responsável – Nelson Simões da UAC/OKEANOS; Valor: 100 mill euros. Início: 01/04/2018| Fim: 31/03/2021.

Panorama Financeiro
Orçamento do FRCT
Contribuição do FRCT Contribuição UE Total
100 000€- 100 000€