Recém-doutorados podem candidatar-se a bolsas para integrarem mercado de trabalho regional
DATA: 9 Março, 2020 | HORA: 17:32

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, lançou um concurso para atribuição de uma dezena de bolsas de financiamento para recém-doutorados integrarem o mercado de trabalho regional.

O concurso DOC-PROF, que corresponde a um investimento de cerca de 300 mil euros, está disponível na plataforma ‘idia Azores’, em https://idia.azores.gov.pt/.

Estas bolsas de financiamento, com uma duração de 18 meses, destinam-se a recém-doutorados que tenham obtido o grau de doutor há menos de quatro anos a contar da data de defesa da respetiva tese e pretende estimular a sua inclusão, quer em instituições públicas, quer em instituições privadas de investigação do Sistema Científico e Tecnológico dos Açores.

O Diretor Regional da Ciência e Tecnologia referiu que, através desta “iniciativa pioneira, o Governo dos Açores pretende fomentar a integração de quadros qualificados nas dinâmicas produtivas, como também promover a transferência de tecnologia e de conhecimento para o mercado de trabalho”.

A medida DOC-PROF, segundo Bruno Pacheco, “vem reforçar a aposta do Governo na promoção do desenvolvimento socioeconómico da Região a partir de uma economia baseada no conhecimento”.

O Diretor Regional salientou ainda que esta é, desde 2016, “a segunda iniciativa pioneira de financiamento do Governo dos Açores para estimular a fixação de recursos humanos qualificados na Região, através da contratação de doutorados para integração no tecido empresarial”.

Serão premiados projetos geradores de dinâmicas de transferência de conhecimento que contribuam para o aumento da competitividade da entidade de acolhimento, através da melhoria dos sistemas produtivos e do incremento de produtos e serviços inovadores.