Governo Regional participa em iniciativa do programa ‘Crescimento Azul’ do EEA Grants
DATA: 17 Outubro, 2019 | HORA: 12:01

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, participou na iniciativa ‘Apresentação, Matchmaking e Pitching nas áreas da Investigação e Educação, Bolsas de estudo, Literacia e Empreendedorismo Jovem’, promovida pela Direção Geral de Política do Mar (DGPM), que decorreu em Lisboa, no âmbito do programa ‘Crescimento Azul’, financiado pelo EEA GRANTS 2014-2021.

Esta iniciativa teve o intuito de promover e identificar oportunidades de cooperação e estabelecer parcerias entre Portugal e as entidades da Noruega, Islândia e Liechtenstein que operam nos setores da economia azul, proporcionando um palco para discussão e debates, bem como uma área para reuniões de negócios ‘B2B’, cujo objetivo é encontrar parcerias para futuros projetos.

O Diretor Regional para a Ciência e Tecnologia afirmou que a presença dos Açores nesta iniciativa foi “fundamental, não apenas para garantir que a Região se mantenha em contacto com modelos inovadores e políticas eficazes, mas, e sobretudo, para se fomentar a captação de mais investimento externo”.

Bruno Pacheco defendeu que estes eventos “geram contributos inquestionáveis para a definição de políticas relacionadas com as áreas da educação, ciência, tecnologia e inovação”.

O programa ‘Crescimento Azul’ conta com uma dotação de cerca de 44,7 milhões de euros, dos quais 38 milhões são financiados pelo EEA Grants e o restante diz respeito à comparticipação nacional.

Criado com o objetivo de apoiar projetos que promovam o crescimento marinho e marítimo sustentável, privilegiando as pequenas e médias empresas (PME), este programa abrange também a vertente de apoio à investigação, ciência e tecnologia, e à educação e formação profissional.

O programa ‘Crescimento Azul’ contempla três áreas programáticas distintas, nomeadamente ‘Desenvolvimento de Negócios, Inovação e PME’, ‘Investigação’ e ‘Educação, Bolsas de Estudo, Literacia e Empreendedorismo Jovem’, prevendo-se que 70% do seu orçamento se destine às áreas de negócio e inovação.

GaCS/GM