Governo dos Açores integra projeto europeu MacaroNight II
DATA: 19 Junho, 2020 | HORA: 16:05

O Governo dos Açores, através do Fundo Regional para a Ciência e Tecnologia, integra o projeto Europeu “MacaroNight II – Noite Europeia dos Investigadores da Macaronésia”, cujo valor global é de 301 861,25 euros. O projeto terá a duração de 10 meses, considerando-se 1 de junho de 2020 como a data de início da ação.

Sendo assim e no âmbito do MacaroNight II, decorre hoje a reunião inicial do projeto, onde se reuniram todos os participantes e se discutiram os elementos básicos e o planeamento das atividades para o projeto.

A Noite Europeia dos Investigadores (NEI) é um evento público de promoção da Ciência e Tecnologia junto dos jovens, que decorre desde 2005, na última sexta-feira do mês de setembro, juntando cientistas e as gerações mais novas num evento com atividades interativas e informais.

Nos Açores, esta comemoração tem sido levada a cabo, desde 2010, pelos Centros de Ciência da Região, com o apoio do Governo dos Açores. A partir de 2018, contou com a colaboração do FRCT, com o financiamento do Programa Horizonte 2020, através da Ações Marie-Curie para a Noite Europeia dos Investigadores, com o projeto MacaroNight.

Este projeto visa despertar a consciencialização pública sobre Ciência, Investigação e Inovação, especialmente em áreas onde a Região tem desempenho e resultados excecionais e, por outro, incentivar os jovens a seguir carreiras nas áreas da Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM).

Dadas as circunstâncias da pandemia COVID-19, a Comissão Europeia adiou oficialmente a data desta celebração para 27 de novembro. A equipa dos Açores encontra-se a trabalhar para a realização deste evento nos dias 27 e 28 de novembro de 2020, através do planeamento das atividades com as devidas medidas de proteção determinadas pelo Governo Regional.

À semelhança das edições passadas, o MACARONIGHT II dos Açores irá colaborar estreitamente com os Centros de Ciência dos Açores, nomeadamente, o Expolab – Centro de Ciência Viva, o Observatório Microbiano dos Açores (OMIC), o Observatório Astronómico dos Açores (OASA), o Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores (OVGA), o Observatório do Mar dos Açores (OMA) e o Observatório do Ambiente dos Açores (OAA).

A temática desta edição centra-se na celebração do 50º aniversário do movimento “Dia da Terra” que pretende alertar a população de todo o mundo para a proteção e uma utilização moderada dos recursos naturais, através de atividades didáticas e divertidas, dirigidas a crianças e adolescentes.

Este projeto, coordenado pelo La Palma Research Centre for Future Studies (LPRC), para além da participação do FRCT, conta como parceiros a Universidade da Madeira, Fundación Canaria Parque Científico Tecnológico de la Universidad de las Palmas de Gran Canaria, Universidad de la Laguna e o Instituto de Astrofísica de Canarias.