Governo dos Açores atribui 10 bolsas a recém-doutorados para ingressarem no mercado de trabalho regional
DATA: 8 Outubro, 2020 | HORA: 14:17

O Diretor Regional de Ciência e Tecnologia afirmou, em Ponta Delgada, que “é preciso ir mais além na aplicação do conhecimento”, frisando que a medida ‘DOC-PROF’ vem “reforçar a aposta” do Governo dos Açores no desenvolvimento económico do arquipélago assente no conhecimento científico.

Bruno Pacheco falava quarta-feira durante a apresentação dos projetos do concurso ‘DOC-PROF’, para a integração de recém-doutorados nas entidades do Sistema Científico e Tecnológico dos Açores e nas empresas da Região.

Trata-se de um programa pioneiro, promovido pelo Governo dos Açores, que tem como objetivo promover a entrada de jovens doutorados no mercado de trabalho, permitindo, simultaneamente, às empresas regionais reforçar a sua competitividade com recursos humanos qualificados.

No âmbito deste concurso, que correspondeu a um investimento de 300 mil euros, foram atribuídas 10 bolsas a recém-doutorados, com uma duração de 18 meses.

Esta iniciativa destinou-se a recém-doutorados que obtiveram o grau de doutor há menos de quatro anos a contar da data de defesa da respetiva tese.

O Diretor Regional referiu que as áreas abrangidas “vão desde as ciências agrárias, à engenharia e tecnologia, às ciências naturais e sociais”, acrescentando que os recém-doutorados vão trabalhar nas ilhas do Faial, São Miguel e Terceira.

“Com esta iniciativa, o Governo Regional pretende fomentar a integração de quadros qualificados, aumentar as dinâmicas produtivas e promover a transferência de tecnologia e de conhecimento no mercado de trabalho”, disse Bruno Pacheco.

Segundo o Diretor Regional, espera-se que os recém-doutorados que integram agora o mercado de trabalho possam contribuir para “o aumento da competitividade das entidades de acolhimento, através da criação de produtos e serviços inovadores”.

Bruno Pacheco frisou ainda que o ‘DOC-PROF’ é, desde 2016, “a segunda iniciativa pioneira de financiamento do Governo dos Açores com vista a estimular a fixação de recursos humanos qualificados na Região, através da contratação de doutorados para o tecido empresarial”, sendo a outra a criação de bolsas de pós-doutoramento em contexto empresarial.