Projects

Nuno Miguel da Silva Ascensão Vaz Álvaro
Efeitos de Alterações Climáticas em áreas Marinhas Protegidas dos Açores
Institution Center: CIRN - Centro de Investigação de Recursos Naturais
E-Mail: nalvaro@uac.pt
State: ongoing
Objectives:

“A mudança climática afecta profundamente o ambiente natural e social. Os tomadores de decisão e gestores de recursos necessitam de informações sobre futuras mudanças no clima e respectiva variabilidade média para melhor antecipar potenciais impactos dessa mesma mudança.
Com a subida da temperatura da água do mar é expectável uma alteração do biota nas águas costeiras à volta do mundo e particularmente no Oceano Atlântico. Espécies autóctones em locais cuja localização corresponde ao respectivo limite geográfico de distribuição poderão estar em risco (Nicholls et al. 2007).
Os Açores são um local privilegiado para servir como objecto para modelação de cenários futuros de efeitos das alterações climáticas (e.g. temperatura e acidez da água) sobre a composição das comunidades costeiras. Contribui para isto o facto destas ilhas se encontrarem entre duas massas continentais, servindo de potencial local de passagem e fixação de larvas, e constituírem o limite norte e sul da distribuição de várias espécies de organismos marinhos.

Neste contexto, o presente projecto tem por objectivo responder às seguintes questões científicas:

  1. Qual é o ponto da situação actual das comunidades costeiras nos Açores no que concerne a espécies autóctones e invasoras? Já são visíveis efeitos relacionados com alterações climáticas?
  2. De que forma a alteração das variáveis climáticas poderá influenciar as comunidades biológicas costeiras?
  3. Quais as espécies em risco?
  4. Quais as espécies cujo desenvolvimento e expansão serão privilegiados com o aumento da temperatura e acidez do mar no arquipélago?
  5. É possível utilizar um conjunto de espécies indicadoras e identificar alterações na comunidade por via de alterações na respetiva densidade populacional e localização na zona entre marés?
  6. É possível criar um modelo da distribuição das comunidades biológicas no litoral açoriano que preveja a alteração destas por via das alterações climáticas?”